Mês mundial de combate ao câncer de próstata

Ser homem também é se cuidar! Apesar dos altos índices de cura se identificado em fase inicial, ainda por conta de uma resistência e até preconceito que envolve o exame, muitos homens são diagnosticados quando a doença já está em estados mais avançados, o que leva a uma alta taxa de óbitos.

Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para orientação sobre o exame de toque retal. Exame que o permite avaliar alterações da glândula, como endurecimento e aparecimento de nódulos suspeitos e sobre o exame de sangue PSA (Antígeno Prostático Específico). Outros exames poderão ser solicitados caso haja suspeita de câncer de próstata.


O que é a próstata?

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino e se assemelha a uma castanha. Localizada abaixo da bexiga, sua principal função é produzir o esperma, juntamente com as vesículas seminais.


Sintomas

O câncer de próstata na fase inicial não apresenta sintomas, portanto quando sinais começam a aparecer há uma grande chance que os tumores já estejam em fase avançada dificultando a cura. Os sintomas podem ser:

  • Dor óssea;
  • Dores ao urinar;
  • Vontade de urinar com frequência;
  • Presença de sangue na urina e/ou sêmen.

Entre os fatores de risco se deve citar: histórico familiar de câncer de prostata, obesidade.


  • Todos estão sujeitos a doenças, seja ela física ou mental. Portanto praticar exercícios, ter uma alimentação equilibrada, cuidar da saúde mental que é tão importante quanto a saúde física.